domingo, 27 de novembro de 2016

GORDINHA ERÓTICA

Tu eras atracção pura para mim ,
Como uma vénus de sangue ardente,
Vestias aquela bata rosa que me punha ao rubro,
O teu cheiro de perfume adocicado e a tua voz quente,
Eram o gatilho para a o meu desejo e a minha perdição,
Ou melhor para o meu membro viril ficar erecto,
"Não fumes olha que ainda perdes a beleza"Dizias tu,
E pensar que naquele armazém de peças de automóveis,
Poderiamos ser tão felizes,ao menos por momentos,
Quantas vezes fantasiei contigo,
Naquela casa de banho com chuveiro,
Onde uma vez por acaso,num duche mais prolongado,
Ia ficando para o dia seguinte,
Não fosse um dos chefes,ainda estar no local,
me deixar sair... 
Ai ! Como te queria encontrar de novo minha gordinha erótica, 

Tirar te essa cara de enfado,
Essa bata rosa que me punha ao rubro,
E devolver te esse teu fogo que ainda me mim arde



SEMEANO OLIVEIRA


domingo, 13 de novembro de 2016

COLETÂNEA DE POESIA"SEXTO SENTIDO" DA LUA DE MARFIM EDITORA

COLETÂNEA DE POESIA DA LUA DE MARFIM EDITORA EM PARTICIPO COM O POEMA "TESTOSTERONA".
ÓTIMO CONVIVIO EM QUE CONHECI PESSOAS INTERESSANTES,COM MUITO TALENTO PARA ESCREVER.APROVEITEI TAMBÉM PARA CONHECER O EDITOR PAULO AFONSO RAMOS,PESSOA DE FINO TRATO QUE TEM FEITO UM TRABALHO MUITO MERITÓRIO NA DIVULGAÇÃO E PROMOÇÃO DE NOVOS AUTORES,INCLUSIVAMENTE NA TV,EM QUE INTERVÉM NO PROGRAMA "VIRAR A PÁGINA",NA SPORTING TV.INDEPENDENTEMENTE DA COR CLUBISTICA DE CADA UM,
É UM PROGRAMA DE BASTANTE INTERESSE.

COLETANEA DE POESIA " FUSÃO DE SENTIRES" DA PASTELARIA STUDIOS EDITORA

COLETANEA DE POESIA EM QUE PARTICIPO COM 2 POEMAS"DITADURA EM SEGREDO" E "CHIADO" 

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ANTOLOGIA DE POESIA CONTEMPORANEA " ENTRE O SONO E O SONHO"

No passado dia 23 de Outubro, a Chiado Editora lançou o sétimo volume da Antologia de Poesia Contemporânea - Entre o Sono e o Sonho, no Teatro Tivoli, em Lisboa.
Uma celebração que juntou mais de mil poetas e os seus textos, com a participação da Carlos M. Cunha e Custódia Galego, bem como o trio de Jazz de João Rijo, João Custódio e Gonçalo Prazeres.
O maior evento poético do ano voltou a invadir Lisboa e a dar voz a todas as novas formas literárias em Portugal.

sábado, 17 de setembro de 2016

COLETANEA SEXTO SENTIDO

 Caros Participantes da Colectânea “Sexto Sentido”,
Muito Obrigada por estarem presentes nos nossos projectos literários e pelo envio de tão fantásticas participações. É por isso que a LUA sorri!
Aos participantes seleccionados, os quais constam na lista que abaixo transcrevemos, os nossos parabéns. É hora de celebrar.
Pedimos aos participantes que ainda não enviaram as declarações de autorização e/ou o documento de identificação respectivo que o façam no prazo máximo de 5 dias, sob pena de exclusão (foram nesse sentido notificados por e-mail hoje).
Aos participantes não seleccionados agradecemos tão preciosa colaboração fazendo votos para que continuem a estar presentes nos nossos projetos futuros.
Em breve anunciaremos a data e o local de lançamento deste fantástico livro.
Recebam todos um sorriso especial: aqui da LUA.
O Editor,
Paulo Afonso Ramos


Abdul Jaime Asside
Albino Teixeira Dias
Alice Santos
Amaro Figueiredo
Ana Maria Vilela
Ana Paula Barbosa
Ana Sofia Jesus
Anabela Pires Carreira
António Granja
António João
António Jorge
António Murteira da Silva
Ausenda Hilário
BeniChaúque
Betty Blue
Carina Santos
Carla Sabino
Carlos Arinto
César Tomé
Céu Gramatinha
Clécia Santos
Conceição Vintém
Cristina Murteira
Cristina Teixeira Pinto
Dulce Cascalheira
Eloah Bairral
Emília Gil Pedreiro
Eurico Luciano Rassude
F. Corte Real
Felipa Monteverde
Fernando Chagas Duarte
Fernando Martins
Florizandra Porto
Gabriela Pais
Gabriela Rangel
Gabriela Rocha Martins
Gracinda Sousa
Hector Gabriel Vieira Nunes
Ilda do Vale de Sousa
Inês Rocha
Isabel Cunha Santos
Isabel Lopo
Isabel Ribeiro da Silva
Jesús Recio Blanco
João Barreiros
João Videira Santos
José Alex Gandum
José Duarte Soares
Juliana Teresa Esperança
Leonor Carvalho
Lino Mukurruza
Lúcia Lourenço Gonçalves
Luciano Reis
Lucília Gonçalves Pinheiro
Luís Ausse
Luísa Cruz
Margarida Piloto Garcia
Maria da Conceição Saraiva Roxo Orvalho
Maria Dias
Maria Emília Cantarilho
Maria Luísa Francisco
Maria Magalhães
Maria Renata Duran
Mariano Totti
Marta Luis
Marta Maria Vinhais
Marta Moita
Maximina Girão
MBarreto Condado
Micaela Morais
Miguel Gama (menor)
Mouzinho do Rosário Narope
Muachigombana Massingue
Paula Coelho Pinto
Pedro Carvalho Lima
Pedro Marramaque
Pedro Trindade
Prazeres Jacinto
Quita Miguel
Regina Luz
Ricardo Paião Oliveira
Rui Jesus
Samuel N.
Sandra Fernandes
Sara Abrantes Schlee                                  
Sara Agostinho (menor)
Sara Timóteo
Semeano Oliveira
Sofia Margarida Fernandes Pereira
Suzete Carvalho
Teresa Crespo
Violeta Seixas


domingo, 31 de julho de 2016

AQUAZULIS


A minha homenagem a Luis R.Santos(Aquazulis),um poeta talentoso que nos deixou este ano.Ironicamente escreveu este poema,que mais parece para si próprio.Paz á sua alma,Honra ao legado dos seus poemas.

POETA IMORTAL
O poeta esculpe versos a sonhar,
Como se a pena, cinzel de precisão,
Tivesse uma alma própria, um coração
E uma percepção nata para criar!
Versos talhados em amor ou paixão,
Saudade ou solidão, no brilho de um olhar...
Alguns encantam, outros fazem chorar,
Mas são todos criados com devoção!
Quando o poeta morre, não morre o verso!
Esse vive nos pulmões do Universo
E é soprado no rosto de uma criança!
Assim vive um poeta que faleceu:
Sua alma inspirada cintila no céu,
O verso canta nos lábios da lembrança!
AQUAZULIS

sábado, 23 de julho de 2016

LIBERDADE ( MIGUEL TORGA )

Liberdade



— Liberdade, que estais no céu... 

Rezava o padre-nosso que sabia, 
A pedir-te, humildemente, 
O pio de cada dia. 
Mas a tua bondade omnipotente 
Nem me ouvia. 

— Liberdade, que estais na terra... 
E a minha voz crescia 
De emoção. 
Mas um silêncio triste sepultava 
A fé que ressumava 
Da oração. 

Até que um dia, corajosamente, 
Olhei noutro sentido, e pude, deslumbrado, 
Saborear, enfim, 
O pão da minha fome. 
— Liberdade, que estais em mim, 
Santificado seja o vosso nome.

MIGUEL TORGA

sábado, 26 de março de 2016

ANTOLOGIA ECOS DE APOLO




 AQUANDO DO DIA MUNDIAL DA POESIA NO PASSADO DIA 20 DE MARÇO DE 2016,
FOI LANÇADA A ANTOLOGIA DE POESIA "ECOS DE APOLO"COM A CHANCELA DAS EDIÇOES VIEIRA DA SILVA.

45 AUTORES ESTÃO PRESENTES NESTE LIVRO NÃO SÓ DE PORTUGAL MAS TAMBÉM DE ANGOLA,MOÇAMBIQUE E BRASIL.

PELA MINHA PARTE TENHO 5 POEMAS NESTA PUBLICAÇÃO QUE SÃO "ALMAS VAZIAS","CORAÇÃO E ALMA","PASSE A VIDA","ADAMASTORES PEDANTES"  E "CALOR NA PELE".

UMA ANTOLOGIA MUITO BEM CONCEBIDA A NIVEL GRÁFICO E AGRADÁVEL DE LER,COM 221 PÁGINAS.